Eleito novo líder do Labour

Aconteceu quase o impensável. Numa altura em que o mundo está virado para o combate à pandemia provocada pelo COVID-19, o Partido Trabalhista ainda conseguiu espaço para eleger o substituto de Jeremy Corbyn, que se demitiu da liderança dos Labours há perto de seis meses e após quatro derrotadas consecutivas, sendo que a última foi estrondosa.
A escolha recaiu em Keir Starmer, antigo ministro sombra do Interior e ultimamente ministro sombra do Brexit. Trata-se de um causídico que chegou tarde à política, mas a tempo de defender a permanência do Reino Unido na União Europeia bem como uma atitude mais pró-ativa num cenário de segundo referendo.
Ao mesmo tempo acontecia a eleição para a vice-presidência. A escolha essa recaiu em Angela Rayner.
Resta agora perceber qual será o papel do Labour numa conjuntura em que o trabalho da oposição estará confinado ao respetivo combate pandémico. 

 

Nazaré, 6 de abril de 2020

Facebook Connect