Cumprir Abril é Viver a Liberdade

Desde muito novo que, junto da minha família, aprendi a celebrar abril. Cresci a ver a emoção de pessoas que viveram esses tempos difíceis de opressão e ditadura. Aprendi, igualmente, a responsabilidade que a data acarreta e reconheço que é nela, através da sua comemoração, que devemos homenagear todos aqueles que lutaram e resistiram ao regime ditatorial e que, naquele dia, em nome do povo português libertaram o povo dando-lhes a possibilidade, até aos dias de hoje, de escolher os seus destinos. Em Portugal o respeito e a garantia dos direitos e deveres individuais não são negociáveis reconhecendo, como parte integrante do nosso Estado democrático, a existência de igualdade de oportunidades a todos. As novas gerações, onde me incluo, olham com gratidão o que foi deixado pelos nossos antecessores.
Enquanto jovens temos, atualmente, acesso a um conjunto de oportunidades que as gerações anteriores apenas conseguiram sonhar com elas. Por isso, somos obrigados a defender a liberdade que hoje temos e que, infelizmente, no passado não existiu. Se não tivesse ocorrido 25 de abril hoje teríamos um leque alargado de limitações individuais onde, por exemplo, veríamos muitas das nossas publicações em redes sociais censuradas ou não poderíamos, livremente, expressar os nossos pensamentos numa simples conversa de café. Eu não vivi o 25 de abril de 1974, nem o antes. A única coisa que posso dizer, por aquilo que sei e que me contam os meus próximos, é que prefiro a liberdade de hoje à repressão e medo de há de 46 anos atrás! E é por isso que agradeço, a cada lutador de abril, a liberdade que me deu enquanto jovem, estudante e político de defender os valores e ideais em que acredito sem ter medo de sofrer represálias. Hoje, e presos à atual pandemia mundial, vemos a nossa liberdade diária limitada porém não podemos, por um momento que seja, deixar de celebrar e agradecer a todos aqueles que deram ao povo português a liberdade na sua plenitude. Cumprir abril é saber viver a liberdade deixada pelo passado e garantir que esta é cumprida no futuro para todos.

 

Milton Hugo Mafra Estrelinha, Presidente da Juventude Socialista da Nazaré

Nazaré, 24 de abril de 2020
 

Facebook Connect