A Câmara da Nazaré não paga a água

Esta foi a primeira conclusão do fórum realizado pelo Partido Socialista da Nazaré no passado dia 19 de Novembro, sábado, onde se debateu a concessão a privados da gestão de sistema de água e saneamento do concelho.

O presidente da Águas de Portugal, Pedro Serra, afirmou que a Nazaré está entre as autarquias que pura e simplesmente deixaram de pagar, e acumula uma divida em serviços de cerca de dois milhões e oitocentos mil euros.

De entre as ideias debatidas, ficou claro que concessionar acontece por norma quando os municípios precisam de fazer investimento na rede, ou quando se pretendem financiar.

Estando o concelho da Nazaré com uma cobertura quase total, o investimento a fazer é reduzido pelo que é clara a intenção do Eng. Jorge Barroso - fazer um negócio chorudo, indo aos bolsos da população com os aumentos de tarifas que terão de garantir o lucro da concessionária, ao mesmo tempo que teremos todos, nazarenos, de pagar a divida astronómica entretanto criada.

É chegada a altura de perguntar para onde está a ir o dinheiro que todos os meses é pago pelos munícipes nazarenos em água e saneamento. Se a Câmara Municipal não paga, o que está a acontecer a estas receitas?

Esta é a prova que faltava da gestão ruinosa que este executivo de sete vereadores está a realizar e o caminho onde nos levam é cada vez mais claro – o desastre.

O Psd local e o Eng. Jorge Barroso esqueceram o compromisso eleitoral de assegurar o interesse colectivo da população, ao mesmo tempo que deitaram fora a moral administrativa.

O Partido Socialista da Nazaré tudo fará para esclarecer as questões ligadas a esta problemática e continuará na primeira linha da luta pela gestão pública do sistema de água e saneamento, que como se percebeu no fórum, nada fica a dever ao privado se bem gerido.

O vídeo do debate estará disponível ainda durante esta semana no site do Partido Socialista da Nazaré com o endereço, http://psnazare.org/, para que todos os nazarenos o possam assistir.

Facebook Connect