Nota de Imprensa de 11/7/2010

Vem a presente esclarecer toda a população do concelho da Nazaré do seguinte:

  1. O PS deixou de ter representação no executivo camarário na sequência da retirada da confiança política aos vereadores eleitos em listas do Partido Socialista, devido à aceitação de pelouros à revelia das estruturas partidárias locais, traindo todos os munícipes do concelho que votaram PS nas últimas eleições autárquicas;
  2. Em cenário de crise e de maioria do PSD na Câmara Municipal, a despesa da autarquia vê-se agravada injustificadamente com mais 3 vereadores remunerados, sem qualquer mais-valia para os munícipes da Nazaré;
  3. O PS não concorda com a indexação da taxa de resíduos sólidos ao consumo de água; diremos ainda mais que esta foi também a promessa feita aos munícipes em reuniões públicas na Nazaré e no Valado dos Frades pelo responsável máximo da autarquia, que se prepara agora para a esquecer;
  4. Reafirmamos a nossa posição CONTRA os aumentos exponenciais dos tarifários de água, saneamento e resíduos sólidos, desmentindo notícias que afirmavam a existência de acordos entre o Sr. Presidente da Câmara e as forças políticas do concelho;
  5. Sem oposição na Câmara Municipal, não estão criadas as condições para uma democracia efectiva, o que se comprova pelo clima de unanimidade que passou a existir em todas as reuniões camarárias desde a aceitação e remuneração de pelouros pelos vereadores eleitos em listas do PS;
  6. O Partido Socialista está firme e não se deixa manipular e enredar em jogos palacianos do PSD e de Jorge Barroso, jogos esses que se têm traduzido em prejuízos para o concelho da Nazaré e da sua população e que foram prática corrente em mandatos anteriores.

Facebook Connect