PSD recusa discutir publicamente concessão de água a privados

Walter Chicharro, presidente da Comissão Política do Partido Socialista da Nazaré, dirigiu um convite a Belmiro Fonte, Presidente da Comissão Política do Partido Social Democrata, secção da Nazaré, com a finalidade de realizar um debate público participado por todos os nazarenos, acerca da concessão do sistema de água e saneamento a privados.

O convite ficou sem resposta, vincando assim a sobranceria com que o Psd da Nazaré ignora e coloca de lado um debate fundamental para o esclarecimento da população acerca desta opção política do executivo.

PS convida PSD para debate sobre a concessão das águas e sameamento

Exmo. Belmiro Fonte:

O Executivo camarário da Nazaré aprovou no dia 21 de Setembro, uma proposta com vista à concessão do serviço municipal de gestão do sistema de abastecimento de água e saneamento no concelho. O presidente da Câmara da Nazaré, Jorge Barroso, pretende entregar a gestão a uma entidade privada, defendendo que com «um novo modelo de gestão, como agora se propõe, pretende-se proporcionar um melhor serviço à população, aumentando o grau de eficiência, com menores custos para os consumidores e poupança de recursos».

A concessão de Marco de Canaveses

Um verdadeiro caso de polícia.




Partido Socialista questiona Serviços Municipalizados da Nazaré.

Nota de imprensa

 

 Encontra-se desde Agosto a obra que está a ser edificada nos terrenos da antiga rodoviária, a despejar água num ramal de esgoto doméstico, sendo pois canalizada e tratada pela ETAR, com custos para todos os munícipes nazarenos.

 

Sendo esta uma situação comentada por toda a população residente na zona, (o despejo é feito num local público), foi criado um mau estar, fruto da dúvida que legitimamente se estabeleceu acerca do pagamento do tratamento de um caudal tão intenso de água, visto o despejo no esgoto pluvial se ter mostrado insuficiente, como provou o alagamento da estrada.

 

A Câmara da Nazaré não paga a água

Esta foi a primeira conclusão do fórum realizado pelo Partido Socialista da Nazaré no passado dia 19 de Novembro, sábado, onde se debateu a concessão a privados da gestão de sistema de água e saneamento do concelho.

O presidente da Águas de Portugal, Pedro Serra, afirmou que a Nazaré está entre as autarquias que pura e simplesmente deixaram de pagar, e acumula uma divida em serviços de cerca de dois milhões e oitocentos mil euros.

Convite a toda a população

O Partido Socialista da Nazaré está muito preocupado com a anunciada intenção do Presidente de Câmara da Nazaré e aprovação pela maioria social-democrata na Assembleia Municipal, da concessão a privados da gestão da rede de água e saneamento por um período de 30 anos.

A água, um bem vital com o qual a Nazaré foi agraciada pela natureza, tem sido vítima de uma gestão de tal forma ineficiente, que resultou numa divida conhecida, segundo o Presidente da Águas de Portugal, no valor de cerca de dois milhões e oito centos mil euros.

Facebook Connect